Kazuo Wakabayashi

A casa de Kazuo Wakabayashi fica em uma rua tranquila no bairro do Jabaquara, zona sul da capital paulista, a poucos metros da residência dos Mabe. Não é uma coincidência: quando chegou ao Brasil, em 1961, Wakabayashi tornou-se amigo e protegido de Manabu Mabe (1924-1997), na época um já respeitado artista plástico. O ateliê de Wakabayashi, uma espécie de edícula aos fundos da casa, tem como vista os troncos de um pequeno bambuzal. A sensação por ali é de calma – a mesma calma transmitida pelo olhar e pela fala do pintor octogenário quando fala de sua vida no Japão e a mudança para as terras brasileiras. No dia da nossa conversa – e agora, sim,
uma coincidência – o Japão jogava com a Bélgica pelas oitavas de final da Copa do Mundo. A algazarra no domínio dos Mabe contrastava com o ambiente quase monástico no lar de Wakabayashi. Na foto, Wakabayashi é fotografado em seu ateliê pelo fotógrafo Fernando Martinho.